Entrevistas

Published on julho 20th, 2016 | by Marcelo Leme

0

Prosa com Carol Macedo

Entrevista realizada com a atriz de “Jovens Donzelas”, filme selecionado para o FestCine Poços de Caldas.


CarolTemos visto seu nome envolvido em produções tanto para a Tv quanto para o Cinema. Fez “Isolados”, não é? Como é fazer cinema no Brasil, ainda mais sendo tão jovem e, devo dizer, promissora?

Amo participar de filmes! No cinema comecei ainda criança no longa “Lula o Filho do Brasil”. Participei de Isolados, Linda de Morrer, entre outros. Apesar de fazer mais novelas do que filmes, tenho carinho grande por cinema e pretendo me firmar mais nessa área.

Além de “Jovens Donzelas”, trabalhou em outros curtas?

“Jovens Donzelas” foi o meu primeiro curta. Já havia sido convidada para participar de outros, mas não conseguia conciliar com as gravações das novelas. Adorei a experiencia e acho super interessante esse jogo rápido de contar uma historia intensa e que prende as pessoas em tão pouco tempo.

Passou pelo teatro? 

Sim, foi outra experiencia diferente e gostosa de fazer. Fiquei por dois anos com a peça “Escola de Mulheres” , um texto de Molière. Viajei pelo Brasil todo e depois uma temporada fixa em São Paulo.

Curei o FestCine por dois anos seguidos. Notei que em 2016 dobrou a quantidade de mulheres cineastas. Tem percebido esse crescimento do número de mulheres envolvidas por trás das câmeras?

Muito!!! Inclusive, é algo que penso em poder realizar no futuro. Nas brincadeiras de criança quando não estava atuando estava dirigindo os amigos. Como também acho um máximo mulher manusear uma câmera! Faz parte da nossa arte! Todo bom ator gosta também de dirigir ou produzir algo seu!!! Quem sabe…

Como tem visto o cinema nacional atualmente? Acha que o público brasileiro está vencendo o preconceito?

Sim, o cinema brasileiro ta ganhando o publico aos poucos, tendo seu reconhecimento e valor. A moda de gostar somente de filmes hollywoodianos aqui no Brasil já não existe mais. O publico esta se abrindo não só para os Nacionais como também para as incríveis obras Argentinas, Francesas.. Pude perceber isso quando estreamos o filme “Isolados”. Um longa de suspense/terror que não é tão comum aqui no Brasil. Caiu no gosto do publico!

Em “Jovens Donzelas” você vive uma personagem dividida entre a incerteza do presente e a promessa de um futuro melhor. Há várias implicações sobre a decisão de sua personagem. Como foi viver esse papel? Parece simples, mas ele carrega todo um peso de angústia e de esperança. 

Carrega um peso muito grande! Uma intensidade forte para apenas 15 minutos. Foi uma experiencia bem ousada pra mim. O assunto da prostituição não podia ser o foco do curta, então tivemos todo uma preparação e um cuidado especial no texto, na interpretação, até mesmo pra não virar aquela historia clichê da menina pobre que vai se prostituir fora do País.

Está envolvida em alguma nova produção?

Por enquanto nada certo, tirei um tempo para viajar um pouco e agora que voltei vou retomar os estudos para me preparar para trabalho futuros.

 

Comments

comments

Tags: , , ,


About the Author

Marcelo Leme

Realizador, roteirista, curador, crítico de cinema do portal cineplayers.com e colunista semanal do Jornal da Cidade de Poços de Caldas. Trabalha no Instituto Moreira Salles. Entusiasta da sétima arte, é credenciado em festivais de cinema como a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e o Paulínia Film Festival. Teve, em 2013, um de seus textos selecionados pela FGV (Fundação Getúlio Vargas). >>> instagram.com/marceloafleme



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑
  • ASSISTA NOSSOS FILMES DE GRAÇA

  • Parceiros

    Parceiro - Adorocinema
  • Parceiro - Centerplex
  • Inscreva-se no Youtube!